top of page

Ano Novo, Vida Nova??




Quando chegamos próximo do final de ano, esta ideia de novos ciclos, novos recomeços, novas atitudes, novas rotinas e novas maneiras de olhar o ano que vai iniciar, começam a “dar ares de vida”.


Começamos a preparar o que queremos cumprir no ano seguinte. Pensamos em tudo que prometemos este ano (ou até em anos anteriores) que ainda não conseguimos cumprir e adicionamos na nossa lista. Ela fica linda, cheia de coisas novas para fazer ou voltar a fazer. Olhamos o ano como sendo a oportunidade de trazer as mudanças que tanto queremos, olhamos este novo começo com um olhar de esperança, acreditando que tudo será possível e de que vamos dar conta desta vez!


Trabalhando agora com pessoas, percebo que este tipo de situação acontece constantemente e não só na passagem do ano. Uma palavra que escuto muito é a procrastinação. Promessas que fazemos a nós mesmos que escapam pelas nossas mãos…


Gostaria que pudéssemos refletir juntos sobre este tema aqui.


O que faz com que você não cumpra com os seus desejos?


Uma opção pode ser algo que você vem se propondo há tantos anos e que perdeu o sentido. Você nem quer mais de verdade! Mas não quer riscar da lista, pela insistência/teimosia de que deveria ser feito de qualquer maneira, que você tem que terminar, como se tivesse que provar algo.


Ou, você não ponderou tudo que tem que ser feito quando decide alterar alguma coisa da sua rotina diária. Como por exemplo, querer se exercitar mais. Você já parou para pensar em quanto tempo quer dedicar e um horário que será mais fácil para programar esta nova rotina? Considerando coisas como: usar um horário que você não está cansado; ou um horário em que esteja disponível em função de sua agenda; ou escolher exercícios que de verdade lhe dão prazer.


Ou, pode ser que você desista fácil depois de tentar e ver que não deu certo. É muito mais fácil olhar e dizer “tentei, mas não funcionou”. Na realidade, tudo que você de verdade (de verdade!) quer, você faz acontecer. Tenho certeza, que se você buscar na sua “biblioteca de assuntos passados” ou memória, como costumamos dizer, achará instantes que lhe mostraram a sua força e convicção nos momentos difíceis. Assim que a sua cabeça tiver clareza do que quer, você encontra o como, permitindo-se outras oportunidades de experimentar, até encontrar o que encaixa, naquilo que precisa.


Claro que, se você procurar com calma na “biblioteca de assuntos passados”, também vai encontrar todas as desculpas que usou para não fazer o que disse que iria fazer.


Engraçado, né? Como nos enganamos! Como não prestamos atenção no tempo que perdemos criando coisas que nem queremos na vida!


Se você parar para perceber, verá que o mundo tem muitas vozes, mas nem todas falam o SEU “idioma pessoal”. A maioria das pessoas, nem para pra entender de verdade o que você quer dizer ou esta sentindo. Você é o único com a habilidade de falar a seu “idioma pessoal” e se fazer compreender.


Preste mais atenção a você, no que se compromete, no que vê como prioridade, ou importante para fazer parte na sua vida. Olhe pra dentro de verdade, e veja, se o que você se propôs é como você quer viver.


As mudanças acontecem todos os dias, não é preciso esperar. É só lembrar que tudo que é novo, precisa de ajuste, de paciência e compaixão, de você para com você mesmo.


Se permita criar a rotina que de verdade te faz sentido, te completa, te faz feliz e te deixa aberto a ser sempre você, aonde quer que seja.


Desejo que 2022 seja um ano em que ser diferente te faça sentido, e ser você mesmo, seja o seu maior objetivo.


Ser você, faz bem ao mundo!


 

Claudia Gomes é Coach Profissional de Liderança e Transformacional. Natural de São Paulo. É a Presidente da BTCC Social desde de Setembro de 2019 e contribui com a Aquarela escrevendo sobre desenvolvimento pessoal. www.claudiagomes.coach

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page